Postagens

Mostrando postagens de julho, 2014

VOCÊ ESTÁ DOENTE DE QUE...?

VOCÊ E ESTÁ DOENTE DE QUE? DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS UM NOVO OLHAR PARA O MEDO E RAIVA DA VIDA DO SUJEITO. No Processo Humano as doenças rotuladas como "psicossomáticas" resultam da fuga de psicose transitória.  Os pacientes pelo temor da vida psíquica convertem as manifestações emocionais reprimidas em lesões do soma, de cujos sintomas se queixam. Durante tratamento analítico a psicose vivida entre analisando e analista permite desaparecimento dos sintomas e abrandamento das lesões estruturais. Advertência na Investigação do Doente Psicossomático Em princípio não existiria relação de objeto nos transtornos psicossomáticos pelo bloqueio existente no inconsciente que impede a filtragem de seus produtos. Estabelece-se uma regressão como se estendesse até o corpo, dando ilusão de comunicação direta com o inconsciente, o que é inteiramente falso.Sabemos que os sintomas somáticos traduzem irregularidades no funcionamento mental, todavia não há contato

Por que a Psicanálise, Hoje ?

                         Por que a Psicanálise, hoje? É difícil acreditar, mas a Psicanálise já foi considerada perigosa, e em primeiro lugar por aqueles que a praticavam nos seus inícios. Ao avistar a Estátua da Liberdade do navio que os levava aos Estados Unidos, Freud teria sussurrado ao ouvido de Jung: “eles não sabem que nós lhe trazemos a peste.” Esta história foi contada por Jacques Lacan, que a teria ouvido do próprio Jung. Mesmo que a tomemos  cum grano salis , já que não existe qualquer outra menção a ela, a frase faz sentido no contexto da época: a correspondência entre o fundador e seus discípulos, naqueles anos heróicos, formiga de referências a “inocular” as idéias freudianas na Psiquiatria e no público em geral, como se fossem um vírus capaz de abalar as colunas da sociedade. São metáforas , por certo, mas que deixam entrever o potencial s