Postagens

Mostrando postagens de 2015

Amar os Outros.....

“Se formos capazes de eliminar, nas profundezas do nosso inconsciente, os sentimentos de rancor em relação aos nossos pais e de perdoá-los pelas frustrações que tivemos que suportar, então seremos capazes de amar os outros no verdadeiro sentido da palavra”. Melanie Klein  Livro: “Amor, culpa e reparação” Publicado em  1937 Visite meu site:  www.drluiz.com

O SINTOMA NO DIVÃ....

“O sintoma é o representante de uma verdade indizível, inominada e inaceitável. E o sujeito que se encoraja a construir seu discurso no acolhimento do divã estará se libertando e nunca mais será o mesmo ser pensante”. www.drluiz.com Ano: 20 

Amar é um Perigo e Odiar um Desastre...

Amar é um Perigo e Odiar um Desastre... Crônica do Repensar! Amar é um perigo, o sujeito está sob ameaça o tempo todo  de não ser um bom amor ou suficiente amor! O amor é um problema sério na história da humanidade, ainda é um “tabu” e pecado desqualificar sua obrigação e seu poder e sua função social, cultural e familiar. As pessoas têm esperança em seus líderes “religiosos ou políticos” porque os amam, votam e acreditam neles simplesmente por que os “amam” na sua “falta”.    Mesmo que esse seja um “amor de troca” e de interesses não “revelados de ambos os lados” há sempre uma “negociata” imaginária e abstrata seja qual for o líder mortal ou imortal. Nenhum líder religioso ou político suportaria a fúria do ódio “real” dos seus seguidores; seja esse o ódio de ovelhas, ou seja, de seus eleitores e contribuintes de impostos, as leis, convenções e tabus não permitiriam isso.  O “Real” de um “sujeito” no formato coletivo não têm suporte no modelo de sociedad

"MOMENTO DA PSICANÁLISE DO COTIDIANO"

Imagem
OUÇA 24 HORAS / MOMENTO PSICANÁLISE DO COTIDIANO  RÁDIO NA HORA  ACESSE: RADIO NA HORA  OUÇA EM SEU PC, NOTEBOOK OU CELULAR - TELEMÓVEL  BAIXE APLICATIVO PLAYSTORE BUSQUE: radionahora MOMENTO PSICANÁLISE DO COTIDIANO: ACESSE: http://www.radionahora.com/

A dor e a Cura da Alma...

“Numa análise as vezes a dor ou a doença pode ser o ódio mascarado de amor e está inominado, ocultado para a mãe e a cura se sintomatiza por causa do desejo oculto de incesto e interdito em nome ou na busca de um pai..edípico” Dr. Luiz Mariano www.drluiz.com

ADÃO E EVA ESTÃO DEFINITIVAMENTE EXPULSOS DO PARAÍSO...POR ISSO VAMOS AMAR O CÃO...

“Guarda de “Cão” é disputada na justiça do RJ por duas mulheres" A disputa na "Justiça" no "real" (psicanalítico) não é pelo cão, mas pelo objeto fálico (simbólico) de pretenso amar e poder faltante que tamponava a ferida da sexualidade narcísica ligada a primeira infância inominada.    A ferida tamponada a qual esse animal “irracional representa no simbólico dessas pessoas (tidas como pessoas normais).  Essas (duas mulheres) disputam na justiça a guarda de um “animal” que é "irracional" como se fosse ou se estivesse num lugar (simbólico) de uma “criança ou bebê” que é desejante de reconhecimento de (amar e amor) ou desejante de  pais ou suas figuras faltosas na primeira infância; infelizmente essa é minha amarga opinião psicanalítica. Nós humanos, estamos aos poucos destruindo todos nossos valores, “nortes” e sentidos pela sanidade (de amar e amor) onde se na criação ou gênese do mundo um “cão” era simplesmente um animal irracional, “d

AGRESSÕES VERBAIS E CAMUFLADAS ( AO FINAL DO TEXTO MEU PONTO DE VISTA PSICANÁLISE )

Agressões Verbais Aprenda a se defender das agressões verbais camufladas Você ficou sem entender bem o que aconteceu - conversou com uma pessoa que o tratou de maneira amável, simpática e muito gentil, mas, ao invés de se sentir feliz e estimulado, não via a hora de encerrar aquele encontro e voltar para casa. Pois é. Aparentemente, você foi tratado de maneira cordial, mas, se não conseguiu ficar à vontade e se sentiu desconfortável, é provável que tenha sido vítima de uma agressão verbal camuflada. E o pior é que, nessas situações, além de sermos agredidos, ainda por cima nos sentimos culpados. Afinal, se fomos tratados com tanta consideração, que direito teríamos de nos sentir inferiorizados, incompetentes ou fracassados?! Não, você não está ficando paranóico não. A agressão verbal camuflada é mais comum do que se possa imaginar e a todo instante estamos sujeitos a ela nas circunstâncias mais imprevisíveis, em nossa casa, no relacionamento com amigos ou no a

Breve Introdução a Interpretação Sonhos ( Freud )

NOTAS DE  AULA INTRODUÇÃO A INTERPRETAÇÃO  DOS SONHOS TEMPO: - Somente depois de algum tempo de iniciado a terapia (psicanalítica) ou as sessões de análise, que será  comum o paciente (de análise) começar a se lembrar / recordar dos seus “sonhos” antes esquecidos ou sem importância. O relato desses sonhos podem fazer parte da análise e travessia do sujeito em sua terapia e auto-conhecimento do ( ics).    LEMBRAR / RECORDAR : - o Lembrar ou recordar os sonhos se dará com o período da fidelização da “parceria psicanalítica” é quando o psicanalista é o cara que acolhe o saber inominado do analisado (de forma imparcial e amoral) e passa a fazer parte do  seu sintoma. (Se estabelece vínculos de confiança e passa fazer parte do discurso do sintoma (ics) ) - REPETIÇÃO / PESADELO : o Sonho (repetitivo) ou similar / ou mesmo pesadelo terríveis que incomoda. Está revelando algo muito importante e complexo na nossa vida fetal ou pós uterina. Também eventos traumáticos (não bem recalcad