terça-feira, 12 de maio de 2015

Quem Julga não pode Amar



“Na psicanálise o lastro do  amor não existirá e não suporta o juízo e julgamento do “outro” pois quem é esse outro?. E se assim fosse a justiça absolveria a réus e inocentes o tempo todo, porque conheceria e saberia de todos os “Outros” de cada um de nós. O amor não faz juízo e não  deveria ou pode julgar. Não pode Amar e nem conhecer o Amor quem julga ou faz juízo dentro de uma relação com os seus Outros”.  


"O RESSENTIDO E SUA ESTÉTICA"

  O Ressentido e sua Estética Seu apelo é fácil. Ou o público identifica-se com ele, ou sente-se culpado por seu fracasso. Mas ele é ras...