segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

" O AMOR" - artigo do Dr. Rogher Yossef

 
 
 
 
 

Repassando: Aos Colegas e amigos
 
O AMOR
Texto do
Dr. Rogher Yossef

Quem sabe dizer ao certo oque
é o Amor!
Muito têm sido escrito e falado a décadas
sobre o Amor  e  Paixão
Ambos estão emocionalmente
 sempre presentes
em cada
ser humano.
 
Amor é querer
e fazer o Bem!
Sem medida.!
Quem ama não Mata,
doa Vida!
Alegria, risos.
 
Amor é doação,
e não moeda de troca
Amor é entrega espontânea,
Amor é Aceitação,
Amor é auto-respeito e
valorização
do Outro.
 
Amor é prestar atenção,
Amor  é auxiliar...
Amor é estar presente sim...
Sem pedir...
Amor é gerar cuidado,
e atenção...
 
Amor é ver além
do Corpo...e do tempo...
Amor é aceitar
oque o Coração Diz...
Amor não têm muita razão...
de ser
seu Amor...
 
Existem relacionamentos que apenas
passando o caminho
da paixão,
depois de algum tempo
se encarregam de matar
qualquer possibilidade de Amor.
 
Enquanto que a Paixão é um
fogo que abre o
Caminho do Coração para
o Amor manifestar-se.
 
Muitos adoecem seus
relacionamentos na fase
da paixão...A Paixão é
para o Conhecer-se a Si Mesmo e
o outro também...
 
Algumas paixões ficam viciadas
por brigas e discussões acirradas,
exterminam qualquer possibilidade
de existir
felicidade  entre as pessoas que
se gostem,
se amem...
 
Oque vemos é que alguns
relacionamentos
se tornam tão ruins,
tão doentios,
que são psicopatológicos e
são apenas um
agregado de
várias guerras,
de instabilidade emocional,
afetiva e psíquica. 
 
Essa disputa parece
algo incompreensível
para o Homem ou Mulher
e na maioria
das vezes parece que o objetivo final 
é de Matar
qualquer possibilidade de Amor.
 
Os motivos e justificativas para
ser infeliz não faltam!
Na Vida do Homem
e
Da Mulher!
 
Sejam namorados,
Amantes,
casais, Noivos ou  Paqueras,
São inúmeros...
os Motivos
para as brigas
e Crises...
 
Que vão desde de culpas, julgos,
problemas
com a  sexualidade,
transtornos Comportamentais,
depressão, transtorno bipolares etc.
Ainda temos muitas às causas psico-orgânicas
que podem ser diagnosticadas por
um profissional da área
médica, comportamental, sexológica
ou um psicanalista
de sua confiança.
 
E por outra vista podemos
ter a descoberta da
 Incompatibilidade de gênios
isso vêm com o peso do anos,
e a falta de compreensão
e do dialágo ao longo do tempo.
A incompatibilidade de gênios
pode estar ligada a falta
de cumplicidade na relação.
A concorrência profissional e egoíca
entre os conjuguês,
Problemas ou fases financeiras
não suportáveis por um dos conjuguês
Problemas familiares,
de aceitação e auto-respeito.
Mal gerenciamento e interferência negativa
 em cada um no
seu papel um querer dominar o
 "outro" de "como ser" 
um bom "pai ou mãe"
na educação e formação
dos filhos.
 
Desacordos em aspectos de formação
financeira, Cultural ou religiosa,
Isso causa um desgaste
com a rotina
"repetitiva diária"
das discussões e brigas!
 
Oque sabe-se dentro da
pesquisa e estudo da Psicossomática
que brigas de casais repetitivas; 
podem ser apenas
"up-grades" uma atualização de
 como nossos pais se amaram,  
ou se odiavam ou quem nos Criou...
Assim eles nos
criaram e como será ?
Que eles se amavam!
ou se odiavam....!
 
Esse  é nosso primeiro modelo de amor...
primordial após o nascimento....
 
Ainda dentro desse contexto têm os pais
que por motivo de trabalho ou estudo
deixaram seus filhos-bebês para
 aprenderem 
o modelo de amor;
que fica a cargo da da
empregada-doméstica, a diarista
 pela avó, baba ou
a escola ou crêche etc...
 
Aprender a Amar...
isso pode começar dentro do feto,
Modelo de Amor se aprende principalmente
durante a gestação e nos primeiros anos
da infância
junto dos pais e familiares.
o resultado disso; está inscrito na Sociedade
e nos relacionamentos de Hoje.
 
 
Nós
adultos hoje temos que repensar oque
aprendemos desde de infância
berço...
desde de nossa cultura 
e da saída do peito
de mãe!
qual é nosso  modelo
de Amor!
 
Brigas e crises que se prolongam por muito tempo
desgastam qualquer relação .
 
E atraem várias doenças dentre elas às
Cardiovasculares sérias,
alergias
diabetes, agitação neurológicas 
e psicomotoras
depressão, disfunções hormonais etc.
 
E há uma série de doenças que podem se
manifestar como mecanismos de defesas
ou de auto-preservação pela integridade da
auto-estima que ainda existe ou
até como um mecanismo
de prender o parceiro em desafeto
ou a parceira para tentar manifestar
seu protesto por atenção.
 
Então Amar de verdade
pode parecer que é algo
quase que impossível,
porém não só um privilégio
de Deuses
e Anjos mitológicos,
ou de  princesas de Contos lendários...
 
Amar não é uma meta final da
Vida do Ser Humano.
Amar é essencilamente importante
e um caminho a se percorrer
ao longo da Vida...desde da infância...
Amar é um processo
de Aprendizagem
e de Conhecer-se a Si Mesmo
no outro....
 
Amar é agir com espontâneidade,
Quem Ama perdoa;
Quem ama não tenta
mudar a natureza do outro.
 
Amar é aprender muitas coisas
 com a natureza diferente do outro
isso é Amor!.
Amor deve ser para
se ter tesão e não tensão!
 
Amar é aceitação
do momento agora,
 é uma decisão importante que
é só sua! que sua base está na infância!
 Ama-se porque se quér ser Amado,
Ama-se mesmo 
antes que
a felicidade plena anunciasse.
O poder do Amor, muda tudo...
Refaz, reconstroí
tudo...
Vale a pena
aprender a Amar...
 
Paixão abre o caminho e o
 Amor por ele passa
e gera estabilidade,
evolução
e amadurecimento...
 
 
 
Dr. Rogher Yossef