segunda-feira, 15 de março de 2010

NÃO TENHO IDADE, TENHO VIDA...

Não Tenho Idade.

Tenho Vida!

A velhice existe?

Alguns de nós envelhecemos, de vez, porque não amadurecemos.

Envelhecemos quando nos fechamos a novas idéias e nos tornamos radicais.

 Envelhecemos quando o novo nos assusta. 

Envelhecemos também quando pensamos demasiado

em nós mesmos e nos esquecemos dos demais.

Envelhecemos se deixamos de lutar.

 

Todos nós estamos matriculados na escola da vida, onde o

 Mestre é o Tempo.

A  vida só pode ser compreendida se olharmos pra trás.

Mas só pode ser vivida se olharmos pra frente.

 Na juventude aprendemos; com a idade compreendemos…

 

Os homens são como os vinhos:

A idade estraga os ruins, mas aprimora os bons.

Envelhecer não é preocupante.

Ser visto como um velho sim que é. Envelhecer

 com sabedoria não é envelhecer.

 

Nos olhos do jovem arde a chama, nos do velho brilha a luz.

  Sendo assim, não existe idade, somos nós que a criamos.

Se não crês na idade, não envelhecerás até o dia de sua morte.  

Pessoalmente, eu não tenho idade: tenho vida!

 

No deixes que a tristeza do passado e o medo do futuro

te estraguem a alegria do presente.

A vida não é curta; são as pessoas que permanecem mortas tempo demasiado.

Faça da passagem do tempo uma conquista e não uma perda.

***

                                                                                                     
 

sexta-feira, 5 de março de 2010

Vivo cada Dia...

"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a FELICIDADE."
(Carlos Drummond de Andrade